CASES DE AMOR

gentileza com o animal5.jpg

Nesta seção apresentamos alguns casos de sucesso, onde a cura se estabeleceu e o bem-estar alcançou

o animal e seu tutor...

mulher e gato3.jpg
nene brincando cachorro.jpg
E a verdadeira essência da natureza se harmoniza e manifesta-se através do AMOR

"Bebélico"

IMG-20170811-WA0001.jpg

 

"BEBÉLICO chegou na minha vida na véspera de feriado de finados, 2013. Naquela ocasião ele não era Bebélico...

Era um gato acinzentado chegando na vida de alguém que não tinha um mínimo de espaço e nem traquejo para receber gatos. Ele frequentava diariamente a casa de uma colega de trabalho que ama felinos.

Muito meigo e cordial, perambulava pelas ruas de seu bairro, e adentrava os muros que isolavam a sua casa. Acontece que essa moça já tinha vários gatos e alguns outros cachorros... Ela própria ficaria com o Bebélico, não fossem os animais que já eram moradores de seu quintal.

 

Então ela se lembrou de mim, eu que desejava um cachorro para conviver. Bebélico não era cachorro - espécie pela qual eu nutria um afeto gigante. Eu não tinha planejado, nem se quer demonstrado interesse por gatos, porque de fato eu não tinha nenhuma familiaridade com eles, e o que eu sabia naquela ocasião era ter medo.

No susto, hospedei Bebélico em casa por um fim de semana. Foi o combinado, tempo suficiente para que minha amiga/colega trabalhasse para encontrar para ele um lar e um dono (a) que o amasse dignamente. O final de semana virou uma semana, duas, 3...

 

Foi um encontro de início tumultuado. Acho que para ele foi bem estranho deixar a liberdade da rua para viver fechado num apartamento, com alguém que não o compreendia. Com alguém que queria impor regras de convivência, e já que era ele quem estava chegando, cabia a ele obedecer!(rsrs)

 

IMG-20170811-WA0002.jpg

 

Naquela ocasião tinha ouvido falar por alto do trabalho de florais para animais de estimação. Mas foi num encontro com a Pétuli Consentini que pude aprofundar a conversa, e perceber intuitivamente que a proposta de seu trabalho fazia sentido. Lá fomos nós, Bebélico e eu para as terapias de floral com a Pétuli querida. Era janeiro de 2014.

Hoje eu consigo perceber o quanto éramos estranhos um para o outro naquela ocasião. O quanto essas SESSÕES DE TERAPIA nos deram a possibilidade de aproximação, de nos conhecer. O quanto o mundo animal se expressa de forma muito particular, e o quanto nós humanos podemos aprender com essa forma de expressão.

 

Eu desejava realmente me lapidar... Não tendo condições de considerar o quanto esse gatinho, presente de Deus na minha vida, participaria e facilitaria esse processo. Apenas com sua presença e miados... rs. Eu queria realmente proporcionar uma vida feliz a ele, ao mesmo tempo que sabia que eu era resistente às várias maneiras de sua própria expressão.

Através desse trabalho terapêutico, nos tornamos cúmplices, pois ficou claro que eu queria me dar bem com ele, que de alguma forma sinalizava que estava acontecendo. Foi um processo muito bonito.

 

Sinto como se uma Camila mais sensível, de olhar mais profundo, tivesse surgido, e um Bebélico mais confortável em existir, e confiante, também, simultaneamente. Hoje, esse gatinho é o meu amorzinho! Os bichinhos realmente chegam em nossas vidas com a possível capacidade de fazer aflorar nossos melhores sentimentos, nossa versão mais amorosa, mais brincalhona, mais espontânea! Ter nos dado a oportunidade de conhecer a terapia de FLORAIS de BACH conduzida pela Pétuli foi muito alinhado neste propósito. Especial mesmo para todos nós que com ele convivemos!"

 

Depoimento de Camila J. De Oliveira