cão apegado.jpg

Seu cachorro está com ciúmes?

"

Para saber se o cachorro está com ciúmes, um primeiro passo importante é analisar a situação da casa e descobrir se há alguma novo fator que pode estar causando essa sensação no seu pet.  Em vários casos, a entrada de uma nova pessoa ou animal na casa provoca esse sentimento no cachorro.
De acordo com o especialista Dr. Stanley Coren (professor doutor em psicologia e pesquisador neuropsicólogo norte americano), os cachorros são animais sociais e o ciúmes é um sentimento que aparece em nossas interações sociais.  Além disso, os cachorros possuem o mesmo hormônio associado ao ciúmes e à inveja do que os humanos, chamado de ocitocina.

 

 
Estudos revelam que cachorros sentem ciúmes e inveja quando se sentem injustiçados

 

Um estudo conduzido pela Universidade de Vienna mostra que os cachorros podem ficar com ciúmes quando sentem que não estão recebendo a recompensa justa ou quando eles sentem que outra pessoa ou animal está recebendo mais do que eles.  Por exemplo, pedir para dois cachorros darem a pata mas só recompensar um pelo ato, faz com que o cachorro se sinta injustiçado por não receber a mesma recompensa pelo mesmo ato.  Como resposta, o cachorro que não recebeu a recompensa pára de dar a pata.

O psicólogo da Universidade de Portsmouth, Dr. Paul Morris, ressalta que um cachorro sente ciúmes quando o dono traz um parceiro novo para a casa.  Tão profundo é esse sentimento, aliás, que o cachorro pode sentar entre as duas pessoas e pode até se recusar dividir a atenção do dono com a nova pessoa. Diversos donos também atestam perceber que seus cães sentem ciúmes do novo bebê ou de uma criança que entrou na casa.

 

Dr. Stanley Coren confirma que várias cadelas sentem ciúmes dos seus filhotes, que recebem a atenção dos donos que antes era somente delas.  Em alguns casos, o comportamento da mãe pode até ser agressivo em relação aos filhotes por conta desse sentimento.

 

Sinais que o seu cachorro está com ciúmes

 

Os cachorros podem exibir alguns sinais físicos que mostram que eles estão com ciúmes.  Dentre eles estão:

 

  • Latidos excessivos quando o dono mexe com o outro animal ou pessoa.  Quando você se aproxima da pessoa ou animal que o seu cachorro tem ciúmes ele começa a latir?  Várias vezes, quando um cachorro está com ciúmes, ele late para alertar e também para receber alguma atenção do dono.  Dependendo da sua reação, você pode incentivar o seu cachorro a latir sempre que estiver com ciúmes.

 

  • Xixi pela casa toda.  Alguns cachorros fazem xixi para marcar o seu território ou até para chamar a atenção do dono quando estão com ciúmes.

 

  • Destruir a casa, se esconder ou não sair do seu lado.  Quando o cachorro está com ciúmes, ele pode mudar o seu comportamento para chamar sua atenção. Dentre eles estão destruir os objetos da casa, comer mais, parar de comer, não sair do seu lado, ou passar o dia escondido para chamar a sua atenção

 

  • Agressividade.  O estágio mais intenso de ciúmes é quando o cão apresenta sinais de agressividade, como morder ou dar patadas em uma pessoa ou animal.

 

  • Outras mudanças em comportamento.  Cada cachorro é diferente e, portanto, pode apresentar diferentes mudanças no seu comportamento quando está com ciúmes.  Chorar e lamber as patas, por exemplo, também podem ser sinais de ciúmes e de ansiedade. O importante é notar as mudanças no comportamento do seu animal e relatá-las para um especialista em comportamento canino.

 

Como tratar um cachorro que está com ciúmes

 

Nos casos mais extremos, é possível que um cachorro que está com ciúmes sofra também de problemas de saúde.  Isso pode ocorrer, por exemplo, quando o cão pára de comer ou lambe excessivamente suas patas. Quando esse for o caso, busque não só o acompanhamento de um adestrador mas também o de um veterinário.

Ainda que seja importante que você mostre ao seu animal que ele não é o único que merece a sua atenção. Em vários casos, a mudança no seu comportamento quando essa nova pessoa ou animal entrou na sua casa foi muito grande. Por isso, para o seu cachorro, continuar sabendo que ele tem o seu carinho e atenção pode fazer uma grande diferença. A associação positiva com o novo membro da casa também pode ser um passo fundamental para que o cachorro deixe de ter ciúmes e comece a associar o novo membro com coisas boas, como petiscos, carinho e atenção. Por fim, busque respeitar os limites do animal e não forçar as situações e sempre consulte um profissional de adestramento para ajudá-lo. Isso pode ajudá-lo a proporcionar uma transição mais tranquila.

 

(Matéria publicada no Linkanimal em 02/02/2015)

​​